O que é coparticipação no plano de saúde

O que é coparticipação no plano de saúde?

Se você quer saber o que é coparticipação no plano de saúde, precisa entender que essa é uma modalidade ideal para quem economizar.

Sabe aquela história do melhor dos dois mundos?

Um carro bem rápido e econômico, uma casa bem localizada em uma região silenciosa.

Pois é… Às vezes pode parecer impossível! Mas é uma realidade em vários mercados. 

Relaxa que vou te explicar! Pois nesse artigo vou te mostrar:

  • Como funciona o plano com comparticipação;
  • Para quem é indicado;
  • Quais as principais vantagens;
  • O que é cobrado;
  • Como a feita a cobrança;
  • Entre outros assuntos.

Vamos lá?

Plano de saúde com coparticipação: como funciona?

O plano de saúde com coparticipação é uma alternativa para quem deseja ter as vantagens do plano de saúde e ainda pagar mais barato. 

Ou seja, ele é semelhante ao plano de saúde tradicional. A diferença é que o usuário paga (além da mensalidade) por cada serviço utilizado. 

Por exemplo, ao invés de pagar R$ 600 todo mês e raramente ir a um consultório médico.

Você pode pagar uma mensalidade mais barata e custear um valor extra apenas quando for realizar um procedimento. 

 Além disso, verifique com a operadora a taxa por cada procedimento na tabela das prestadoras.

Assim você vai saber se realmente vale a pena ou não. O valor previsto taxa de uma consulta, geralmente, é de R$ 20 ou 20%.

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a operadora só está proibida de cobrar o valor integral do procedimento. Por isso, é importante ficar atento ao repasse dos valores e dos reajustes.

Para quem é indicado o plano de saúde com coparticipação?

Indica-se o plano de saúde com coparticipação para pessoas que não possuem doença pré-existente. Ou que não costumam fazer muitas consultas e exames. 

Quais as principais vantagens de um plano de saúde com coparticipação?

A principal vantagem, que já mencionei anteriormente, é a mensalidade sair mais em conta do que no plano de saúde tradicional. 

Outra vantagem é que eles possuem um teto para a cobrança das taxas ou percentuais. Ou seja, você saberá o máximo que pode gastar quando precisar de um atendimento. 

Além disso, geralmente, aplicam-se em consultas médicas e exames laboratoriais. O que significa que o usuário não paga nada pelas internações, cirurgias e tratamentos de quimioterapia. 

O que é cobrado no plano com coparticipação? 

Entre os serviços normalmente cobrados no plano de saúde com coparticipação, estão:

Consultas médicas

Cobra-se as consultas médicas individualmente. 

Fique atento! O retorno não deve cobrado na coparticipação, dentro do prazo de 30 dias.

Exames simples

Cobra-se na coparticipação os exames simples. No caso dos exames de sangue, fique atento que eles também entram nessa categoria. 

Por exemplo, através de uma única coleta cobram-se diversos exames como, por exemplo, colesterol, glicose, hemograma, etc. Isso quer dizer que o valor pago não será da única coleta. Mas sim de todos os exames solicitados pelo médico.

Exames personalizados

Cobram-se individualmente os exames especializados.

Internações

No caso das internações, cobras-se o valor é referente ao evento. Ou seja, independente se for um dia ou dez dias, o valor será o mesmo. 

Além disso, os exames realizados em regime de internação não serão cobrados na comparticipação.

E quando o plano com coparticipação não é indicado?

Eu já te mostrei por qual motivo você deve contratar um plano de saúde com coparticipação. Mas você também precisa ficar atento quando esse tipo de serviço não indicado. 

Por exemplo, ele não vale a pena para quem está planejando ter um filho ou quem tem filhos pequenos. Afinal de contas, serão várias consultas e exames. Pode sair mais caro pagar esse valor por fora do que custear o valor cheio do plano de saúde. 

Por isso, avalie qual é a sua real necessidade antes de se decidir se vai utilizar um plano de saúde com coparticipação ou se participação.

A vantagem é que no plano sem coparticipação você pagará sempre o mesmo valor da mensalidade (tirando os reajustes anuais).

Como é feita a cobrança na coparticipação?

Acrescenta-se a cobrança referente a coparticipação no valor recebido na mensalidade do plano de saúde. 

A taxa a ser paga varia de operadora para operadora e cada uma tem sua autonomia para determinar as suas próprias regras. 

Ou seja, como te falei anteriormente, cobra-se uma taxa no valor fixo (por exemplo, R$ 50). Ou por um percentual por atendimento (20% do valor previsto na tabela).

Quais planos possuem a coparticipação?

Todos os planos de saúde podem ter coparticipação:

Como calcular o valor da coparticipação do plano de saúde

Imagine que o plano de saúde sem coparticipação é de R$ 600, enquanto com coparticipação é de R$ 550. 

Isso representa R$ 50 de economia mensal, ou seja, são R$ 600 por ano que você economizou. 

Para saber como calcular o valor da coparticipação e se vale a pena ou não contratar esse serviço, você precisa também verificar o valor da taxa. 

Por exemplo, se a taxa da operadora é de R$ 20 e você acredita que vá realizar 30 procedimentos por ano. É melhor o plano de saúde sem comparticipação. Pois afinal de contas vai sair mais barato pagar mensalmente do que com coparticição.

O que quero dizer é que você precisa colocar tudo na ponta do papel antes de se decidir. Sendo assim, verifique o que você realmente deve gastar e qual se encaixa mais no seu perfil. Uma corretora de plano de saúde confiável pode ajudar nessa decisão.

Conclusão

No artigo de hoje te mostrei o que é coparticipação no plano de saúde e se ele é o melhor dos dois mundos. 

Você viu como o plano de saúde com coparticipação funciona, para quem de indica e quais as principais vantagens desse serviço.

Além disso, você viu também o que é cobrado na coparticipação, como é feita a cobrança e como calcular o valor.

Se você tiver qualquer dúvida sobre o assunto, entra em contato nos comentários. A nossa equipe fará o possível para te ajudar. 

9 dicas para contratar um plano de saúde
9 dicas para contratar um plano de saúde

Se você está buscando um melhor acompanhamento para a sua saúde, veja agora nove dicas para contratar um plano de Read more

Plano de saúde: 11 dúvidas mais comuns
Plano de saúde 11 dúvidas mais comuns

Você já deve ter pensado nas dúvidas mais comuns sobre o plano de saúde, caso cogitou adquirir um, não é Read more

Para que serve o médico endocrinologista
Para que serve o médico endocrinologista

Você sabe para que serve o médico endocrinologista? Vou te mostrar nesse artigo tudo o que você precisar sobre esse Read more

Operadora de plano de saúde: o que é e quais são as melhores opções
Operadora de plano de saúde o que é e quais são as melhores opções

Para saber qual é a melhor operadora de plano de saúde, antes preciso te explicar alguns fatores importantes. Por isso Read more

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *