O que esperar do plano de saúde do GDF para servidores

O que esperar do plano de saúde do GDF para servidores

Você sabe o que esperar do plano de saúde do GDF para os servidores? Vale ou não a pena aguardar?

Provavelmente, você já foi atendido pelo Sistema Único de Saúde e que com certeza já teve experiências boas e ruins com o atendimento e infraestrutura do lugar. 

Quem nunca ficou horas na fila de atendimento para passar pela triagem?

Entrou no consultório e recebeu um diagnóstico sem ao menos um pedido de exame?

Ou nunca foi internado (ou conhece alguém que foi) e ficou horrorizado com a situação do lugar?

Tudo isso é uma preocupação constante e, por isso, é um dos principais motivos ao procurar um plano de saúde. 

No entanto, a promessa que saiu no início do mês de julho deixou muitos provedores da família confusos.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assinou o  documento de cooperação técnica que vai oferecer convênio médico aos servidores do Governo do Distrito Federal. A grande questão é: como isso vai funcionar? 

Por isso, com o intuito de te ajudar a entender mais sobre esse assunto vou te mostrar:

  • O que é o Saúde-DF?
  • Quando vai valer?
  • Como será a rede credenciada?
  • Quais serão os tipos de planos?
  • Como será os custos?
  • Vale ou não a pena esperar pelo plano de saúde do GDF?

Vamos lá?

O que é o Saúde-DF?

O que é o Saúde-DF?

Saúde-DF é o nome dado ao plano de saúde do governo para os servidores. Assinaram o acordo no início do mês de julho entre o Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Distrito Federal (Inas) e o Banco de Brasília (BRB).

O BRB Saúde vai oferecer sua expertise em operação de plano de saúde, todo o sistema operacional de informática, de telefonia e de rede de atendimento (carteira de hospitais e clínicas conveniadas).

A promessa é que o convênio médico contemple os 170 mil servidores do Governo do Distrito Federal, entre ativos e inativos e comissionados, e seus dependentes, totalizando 400 mil vidas.  

Quando vai valer o plano de saúde do GDF?

A proposta de plano de saúde do GDF para os servidores vêm sendo discutida há 14 anos e somente agora teve um avanço significativo. 

No entanto, até todo o processo ser concluindo o plano de saúde pode começar a funcionar de verdade daqui, no mínimo, dois anos.

Como será a rede credenciada?

Inicialmente a rede credenciada será a mesma do BRB Saúde, ou seja, apenas hospitais e clínicas do Distrito Federal, Goias, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O que significa que se você precisar de um atendimento médico em outros estados não poderá utilizar o plano de saúde. 

Se você é um servidor público, por exemplo, que viaja muito para outros estados ou é um servidor cedido para outro Estado pode ficar sem atendimento quando mais precisar. 

Apesar da promessa de incluir mais opções na rede credenciada ao logo dos anos, inicialmente funcionará apenas nesses três estados e no DF.

Quais serão os tipos de planos?

Quais serão os tipos de planos

Apenas um tipo de plano de saúde (coletivo empresarial). Ou seja, você não poderá escolher a opção que tem mais a ver com o seu perfil e da sua família, nem aquele que abrange o hospital da sua preferência. 

Como será os custos?

A proposta prevê que parte dos custos do plano será paga pelo governo local e o restante, pelos beneficiários.

Segundo o Inas, os servidores que aderirem ao Saúde-DF vão pagar um valor mensal referente a 4% do salário bruto que recebem. Já para os dependentes, o custo será de 1%.

Além disso, o órgão afirma que “os beneficiários pagarão uma copartipação que será ainda firmada através do estudo de cálculo atuarial, após a contratação da empresa que dará suporte à implementação do plano de saúde”.

De acordo com o Inas, a quantia que o GDF vai gastar com o serviço também será definida.

Segundo o edital da licitação, a empresa escolhida para gerenciar o plano terá de fazer um estudo de mercado para analisar o preço proposto pelas fornecedoras.

Ou seja, o valor gasto no total pelo beneficiário ainda é incerto e não se pode afirmar que será mais em conta do que os planos já disponíveis no mercado.

Vale ou não a pena esperar o plano de saúde do GDF?

Diante disso tudo que te mostrei acredito que você deve estar se perguntando se vale ou não a pena esperar do plano de saúde do GDF para os servidores. 

Acredito que a sua saúde e da sua família não deve aguardar um processo que pode demorar no mínimo dois anos para funcionar. 

Tudo ainda é muito incerto e se realmente o projeto sair do papel você poderá fazer a portabilidade, provavelmente, sem cumprir as carências

Mas enquanto isso não acontece você pode desfrutar das melhores redes credenciadas nos melhores hospitais da região conversando com uma equipe altamente preparada. 

Para saber qual plano de saúde se encaixa perfeitamente a sua necessidade e da sua família é só entrar em contato aqui.

Plano de saúde é um custo ou investimento?
Plano de saúde é um custo ou investimento

Uma das dúvidas mais comuns é se o plano de saúde é um custo ou investimento. Algumas pessoas podem ver Read more

Plano de Saúde mais barato: 4 opções vantajosas
Plano de Saúde mais barato 4 opções vantajosas

Se você quer encontrar um Plano de Saúde mais barato, precisa ler esse artigo até o final. Isso porque eu Read more

18 comportamentos para perda de peso saudável
18 comportamentos para perda de peso saudável

Ainda falando sobre perda de peso saudável, no artigo de hoje vou te mostrar 18 comportamentos para você emagrecer com Read more

4 melhores planos de saúde de 2021: escolha uma operadora de confiança
4 melhores planos de saúde de 2021 escolha uma operadora de confiança

Se você quer saber quais são os melhores planos de saúde de 2021, precisa entender que sua escolha deve ser Read more

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *