10 dicas para reduzir o consumo de álcool

10 dicas para reduzir o consumo de álcool

Você pensa em reduzir o consumo de álcool? Provavelmente, você tenha experimentado alguns efeitos negativos para a saúde por causa da bebida. 

Sendo assim, se a quantidade de álcool que você bebeu excede as diretrizes recomendadas.

Ou o coloca em risco de desenvolver problemas relacionados ao álcool, você pode tentar diminuir ou moderar o consumo.

Afinal de contas, beber muito álcool ou beber com muita frequência aumenta o risco de desenvolver uma lesão, ou doença relacionada ao álcool, como cirrose. 

Além disso, o consumo de álcool contribui para morte prematura e problemas de saúde.

Por exemplo, cerca de 25% dos consumidores de álcool na Inglaterra bebem em níveis de risco mais alto e 20% dos que bebem de alto risco tentam reduzir o consumo de álcool .

No entanto, as tentativas de reduzir não costumam levar a reduções reais no consumo de álcool.

Diante disso, separei para 10 dicas para reduzir o consumo de álcool. Veja só:

1) Defina uma meta realista

Defina uma meta realista

Anote quantas bebidas deseja beber por dia e quantos dias por semana deseja beber.

Isto é, anotar seus objetivos pode ajudar a lembrá-lo de que deseja limitar o consumo de álcool.

De acordo com o National Institutes of Health, apenas 2 em cada 100 pessoas que bebem de acordo com as diretrizes têm transtorno de uso de álcool.

Ou seja, pessoas que bebem dentro das diretrizes recomendadas têm um risco muito menor de desenvolver problemas. 

2) Conte suas bebidas

Registrar quantas bebidas você bebe também pode ajudá-lo a reduzir ou diminuir o consumo de álcool.

Sendo assim, você pode usar uma nota manuscrita ou registrar suas bebidas no smartphone, o que for mais conveniente para você.

3) Ponha-se no ritmo

Alguns bebedores que tentam reduzir o consumo tem obtido sucesso controlando seu hábito de beber.

Ou seja, eles tomam seus drinques lentamente ou certificando-se de que bebem apenas um gole por hora.

Isso porque pessoas que consomem bebidas rapidamente, especialmente as primeiras bebidas, correm maior risco de desenvolver abuso ou dependência do álcool.

4) Espaço entre suas bebidas

Espaço entre suas bebidas

Outro truque para reduzir o consumo de álcool é usar espaçadores: bebidas não alcoólicas entre as bebidas que contêm álcool. 

Aliás, não importa o quanto você bebe, é sempre uma boa ideia beber bastante água com suas bebidas alcoólicas.

Sendo assim, você pode alternar também com um copo de suco ou de refrigerante entre suas bebidas alcoólicas para diminuir o consumo.

5) Não se esqueça de comer

Comer alimentos pode ajudar reduzir o desejo por álcool.

Por isso, certificar-se de fazer uma refeição nos horários em que costuma beber para poder ajudá-lo a reduzir a quantidade que bebe.

Aliás, não é aconselhável beber com o estômago vazio.

6) Evite seus gatilhos

Esteja você tentando reduzir ou parar de beber, é uma boa ideia evitar situações em que você está acostumado a beber. 

Isso porque pessoas, lugares, coisas e certas atividades podem ser os gatilhos que fazem você ter vontade de beber. 

Sendo assim, evitar esses gatilhos pode impedir você de beber quando não o faria.

Além disso, pesquisas mostram que mudanças no ambiente que facilitam para as pessoas beberem menos podem ter um impacto substancial na saúde pública.

7) Faça outra coisa

Faça outra coisa

Se beber se tornou uma grande parte de sua vida, tente substituir por outras atividades durante aqueles momentos em que você costuma beber. 

Por exemplo, comece um hobby, um programa de exercícios, faça novos amigos ou passe mais tempo com sua família.

Ou seja, encontre algo que goste e que ocupe o tempo que você normalmente estaria bebendo.

8) Aprenda a dizer “não”

Provavelmente, você estará em situações em que alguém lhe oferecerá uma bebida ou espera que você beba com essa pessoa, como fazia no passado.

Por isso, aprenda a dizer educadamente “não, obrigado”, com sinceridade. Diga isso com rapidez e firmeza para não se dar tempo de mudar de ideia.

9) Não beba para “esquecer” alguma coisa

Se você estiver muio triste, com pensamos suicidas ou qualquer outro sentimento ruim não beba. Ainda mais se for para “esquecer” alguma coisa.

Aliás, o mais provável é que você não vá esquecer e no outro dia vai estar se sentido pior por beber demais. 

10) Procure ajuda

Se você perceber que nenhuma dessas dicas está surgindo efeito, procure ajude. Pode ser um médico ou associações que ajudam dependentes. 

O importante é você não ter vergonha de estar buscando ajuda para melhorar a sua saúde.

Áreas com as quais os governos poderiam trabalhar para reduzir o uso prejudicial de álcool

Áreas com as quais os governos poderiam trabalhar para reduzir o uso prejudicial de álcool

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano, 3 milhões de vidas são perdidas devido ao uso nocivo de álcool.

Sendo assim, a estratégia global da OMS para reduzir o uso prejudicial do álcool busca melhorar os resultados sociais e de saúde para indivíduos, famílias e comunidades, com morbidade e mortalidade consideravelmente reduzidas devido ao uso prejudicial do álcool e suas consequências sociais.

Prevê-se que a estratégia global irá promover e apoiar ações locais, regionais e globais para prevenir e reduzir o uso nocivo do álcool. 

A estratégia global concentra-se em dez áreas-chave de opções de políticas e intervenções em nível nacional. As dez áreas de ação nacional são:

  1. Liderança, consciência e comprometimento.
  2. Resposta dos serviços de saúde.
  3. Ação comunitária.
  4. Políticas e contramedidas para dirigir alcoolizado.
  5. Disponibilidade de álcool.
  6. Marketing de bebidas alcoólicas.
  7. Políticas de preços.
  8. Reduzindo as consequências negativas do consumo de álcool e intoxicação por álcool.
  9. Reduzir o impacto do álcool ilícito e do álcool produzido informalmente na saúde pública.
  10. Monitoramento e vigilância.

Conclusão

No artigo de hoje te mostrei 10 dicas para reduzir o consumo de álcool. Você viu que contar suas bebidas, evitar os gatilhos e aprender a dizer “não” são extremamente importantes para esse processo. 

Além disso, te mostrei quais áreas o governo pode trabalhar para ajudar a reduzir o uso prejudicial do álcool. 

Gostou do artigo? Deixe um comentário para gente conversar mais sobre esse assunto.

14 principais perguntas sobre escleroterapia
14 principais perguntas sobre escleroterapia

A escleroterapia é uma forma de tratamento em que o médico injeta um medicamento nos vasos sanguíneos ou linfáticos, fazendo Read more

O que são doenças genéticas?
O que são doenças genéticas?

Você sabe o que são doenças genéticas? Provavelmente você conheça uma ou duas. Ou conhece alguém que tem.  Mas se Read more

Como aumentar autoestima em 7 passos simples
Como aumentar autoestima em 7 passos simples

Saber como aumentar autoestima é essencial para você ter uma saúde mental saudável.  No entanto, nem sempre é uma tarefa Read more

Saiba AGORA o que você precisa para gerenciar o estresse
Saiba AGORA o que você precisa para gerenciar o estresse

Gerenciar o estresse pode ser mais estressante se você não souber o que realmente precisa fazer.  Por isso, no artigo Read more

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *