Saúde mental no trabalho por que é importante falar sobre isso

Saúde mental no trabalho: por que é importante falar sobre isso?

Saúde mental no trabalho já era um tema que precisava ganhar ampla discussão. Agora, devido ao momento que estamos vivendo, é mais que essencial falar sobre esse assunto. 

Eu não sei se você conhece alguém que já teve a saúde mental comprometida por causa do trabalho, mas eu conheço diversos casos. Eu mesma já passei por isso.

E pode parecer algo simples de resolver, mas mesmo sofrendo algum abuso psicológico no trabalho é difícil largar mão dele. Pois, nos apegamos a carreira, as contas a pagar e até acreditamos que merecemos passar por tudo aquilo.

Pensando nisso, o nosso artigo de hoje é sobre a importância de abordar a saúde mental no trabalho. 

Mas antes disso, você sabe o que é um problema de saúde mental?

O que são problemas de saúde mental?

Todos nós temos momentos em que nos sentimos deprimidos, estressados ​​ou com medo.

Na maioria das vezes, esses sentimentos passam. No entanto, às vezes eles se transformam em um problema de saúde mental, como ansiedade ou depressão, que pode afetar nossa vida diária. 

Em geral, fatores como, por exemplo, pobreza, genética, trauma infantil ou discriminação aumentam a probabilidade de desenvolvermos problemas de saúde mental.

Só que esses fatos não são exclusivos, ou seja, os problemas de saúde mental podem acontecer com qualquer pessoa.

O fato é que diferentes problemas de saúde mental afetam as pessoas de maneiras diferentes. O diagnóstico não é uma forma definitiva de compreender a experiência de uma pessoa. 

Algumas pessoas com esquizofrenia, por exemplo, vivem vidas muito comuns, e algumas pessoas com ansiedade são mais afetadas por sua condição.

Por isso, é importante analisar cada caso em particular e procurar ajuda de um especialista para receber a melhor orientação de tratamento.

Como faço para reconhecer um problema de saúde mental?

Em geral, se tivermos desafios significativos em nossa vida doméstica ou profissional, é provável que isso tenha um impacto em nossa saúde mental.

No entanto, como regra, você deve procurar ajuda de seu médico se tiver sentimentos difíceis que estão:

  • Impedindo você de continuar com a vida,
  • Sendo um grande impacto nas pessoas com quem você vive ou trabalha;
  • Afetando seu humor ao longo de várias semanas;
  • Fazendo com que você tenha pensamentos suicidas.

No trabalho, por exemplo, você pode notar que está mais cansados ​​do que o normal. Pode cometer erros incomuns, ter dificuldade em ficar motivado ou pode ficar de mau humor. 

Outros sinais que a sua saúde mental no trabalho está sendo afetada é quando:

  • Parece ou se sente muito cansados ​​ou esgotados;
  • Se isola, evita colegas;
  • Fica muito tempo distraído;
  • Procrastina mais (ou para por completo); 
  • Fica muito acelerado; 
  • Assumi mais tarefas do que pode gerenciar;
  • Entre outros sintomas. 

Na maioria das vezes, esses primeiros sinais de alerta são difíceis de ver em nós mesmos e pode ser útil ter colegas que podem nos ajudar a conectar isso à nossa saúde mental.

Por que as pessoas não falam sobre saúde mental?

A conscientização sobre a saúde mental está aumentando. No entanto, ainda enfrentamos um mundo onde as pessoas com problemas de saúde mental enfrentam discriminação e podem enfrentar desafios para obter a ajuda de que precisam.

Aliás, muitas pessoas que passam por angústia tentam manter seus sentimentos ocultos porque têm medo das reações das outras pessoas. 

O medo da discriminação e os sentimentos de vergonha estão entre os principais motivos que as pessoas demoram para contar aos colegas sobre seus problemas de saúde mental. 

Por isso, quando criamos culturas no local de trabalho onde as pessoas podem ser elas mesmas, é mais fácil para as pessoas falarem sobre questões de saúde mental sem medo e buscarem ajuda quando precisam. 

Mesmo assim, a decisão de revelar sofrimento no trabalho não é algo que as pessoas considerem.

Por isso, é vital que os locais de trabalho se tornem ambientes onde as pessoas se sintam seguras para serem elas mesmas.

Por que a saúde mental no local de trabalho é importante

Muitas organizações ficam aquém no que diz respeito ao bem-estar dos funcionários. 

Embora seja ótimo que a maioria dos programas corporativos enfatize a saúde física por meio de benefícios como planos odontológicos e cobertura de medicamentos prescritos, o corpo é apenas metade da equação. 

Nosso cérebro também é crucial para o nosso bem-estar, em especial, quando consideramos os efeitos prejudiciais que a doença mental pode ter sobre a saúde física. Como, por exemplo, aumento da pressão arterial, desequilíbrios hormonais e aumento do risco de câncer.

Além disso, se os funcionários sentirem que podem falar sobre saúde mental, é menos provável que os problemas se desenvolvam. Isso pode levar a:

  • Menos tempo livre por um problema de saúde mental; 
  • Moral melhorado no local de trabalho.

Criação de um ambiente de apoio

É útil que os empregadores criem um ambiente onde os funcionários se sintam capazes de falar sobre saúde mental.

Por exemplo:

  • Tratar a saúde mental e física com a mesma importância;
  • Certificando-se de que os funcionários tenham encontros regulares com seus gerentes, para conversar sobre quaisquer problemas que estejam tendo;
  • Encorajando a saúde mental positiva, por exemplo, organizando treinamento de conscientização sobre saúde mental.

Um elemento importante para alcançar um local de trabalho saudável é o desenvolvimento de legislação, estratégias e políticas governamentais. 

Um local de trabalho saudável

Um local de trabalho saudável pode ser descrito como aquele em que trabalhadores e gerentes contribuem ativamente para o ambiente de trabalho, promovendo e protegendo a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os funcionários. 

Com base nisso, um guia do Fórum Econômico Mundial destaca as etapas que as organizações podem realizar para criar um local de trabalho saudável, incluindo:

  • Conscientizar sobre o ambiente de trabalho e como ele pode ser adaptado para promover uma melhor saúde mental para diferentes colaboradores;
  • Aprendendo com as motivações dos líderes organizacionais e dos funcionários que agiram;
  • Não reinventar rodas por estar ciente que outras empresas que agiram fizeram;
  • Compreender as oportunidades e necessidades de funcionários individuais, ajudando a desenvolver melhores políticas para a saúde mental no local de trabalho;
  • Conscientização das fontes de apoio e onde as pessoas podem encontrar ajuda.

Além disso, as intervenções de saúde mental devem ser realizadas como parte de uma estratégia integrada de saúde e bem-estar que cobre a prevenção, identificação precoce, apoio e reabilitação. 

Os serviços ou profissionais de saúde ocupacional podem apoiar as organizações na implementação dessas intervenções onde estiverem disponíveis, mas mesmo quando não estão, uma série de mudanças podem ser feitas para proteger e promover a saúde mental. 

A chave para o sucesso é envolver as partes interessadas e o pessoal em todos os níveis ao fornecer proteção, promoção e intervenções de apoio e ao monitorar sua eficácia.

Fatores de risco relacionados ao trabalho para a saúde

Muitos são os fatores de risco para a saúde mental que podem estar presentes no ambiente de trabalho. 

A maioria dos riscos está relacionada às interações entre o tipo de trabalho, o ambiente organizacional e gerencial, as habilidades e competências dos funcionários e o suporte disponível para os funcionários realizarem seu trabalho. 

Por exemplo, uma pessoa pode ter as habilidades para completar tarefas, mas pode ter poucos recursos para fazer o que é necessário, ou pode haver práticas gerenciais, ou organizacionais que não o apoiem.

Dessa forma, os riscos para a saúde mental incluem:

  • Políticas inadequadas de saúde e segurança;
  • Más práticas de comunicação e gestão;
  • Participação limitada na tomada de decisões ou baixo controle sobre a área de trabalho de alguém;
  • Baixos níveis de suporte aos funcionários;
  • Jornada de trabalho inflexível; e
  • Tarefas ou objetivos organizacionais pouco claros.

Além disso, os riscos também podem estar relacionados ao conteúdo do trabalho, como tarefas inadequadas para as competências da pessoa ou uma carga de trabalho alta e implacável. 

Sem contar que alguns empregos podem acarretar um risco pessoal mais alto do que outros (por exemplo, socorristas e trabalhadores humanitários), o que pode ter um impacto na saúde mental e ser uma causa de sintomas de transtornos mentais.

O bullying e o assédio psicológico (também conhecido como “mobbing”) são causas comuns relatadas de estresse relacionado ao trabalho pelos trabalhadores e apresentam riscos à saúde dos trabalhadores. Eles estão associados a problemas psicológicos e físicos. 

Essas consequências para a saúde podem ter custos para os empregadores em termos de redução da produtividade e aumento da rotatividade de pessoal. Eles também podem ter um impacto negativo nas interações familiares e sociais.

Problemas de saúde mental afetam as empresas e seus funcionários

Problemas de saúde mental e estresse podem afetar de maneira negativa o funcionário como, por exemplo, no:

  • Desempenho e produtividade no trabalho;
  • Engajamento com o trabalho;
  • Comunicação com colegas de trabalho;
  • Capacidade física e funcionamento diário.
10 maneiras de melhorar a saúde mental no trabalho
10 maneiras de melhorar a saúde mental no trabalho

A melhor forma de melhorar a saúde mental no trabalho é falando sobre o assunto. Não tem como fugir desse Read more

Janeiro Branco: Como você cuida da sua saúde mental?
Janeiro Branco Como você cuida da sua saúde mental

Em tempos de pandemia, Janeiro Branco chega à 8.ª edição mobilizando a sociedade em prol de um grande pacto pela Read more

Como aumentar autoestima em 7 passos simples
Como aumentar autoestima em 7 passos simples

Saber como aumentar autoestima é essencial para você ter uma saúde mental saudável.  No entanto, nem sempre é uma tarefa Read more

Saiba AGORA o que você precisa para gerenciar o estresse
Saiba AGORA o que você precisa para gerenciar o estresse

Gerenciar o estresse pode ser mais estressante se você não souber o que realmente precisa fazer.  Por isso, no artigo Read more

Comments are closed.