Como fazer um plano de saúde 10 dicas essenciais que você precisa saber

Como fazer um plano de saúde: 11 dicas essenciais que você precisa saber

Para saber como fazer um plano de saúde você precisa de papel, caneta e dedicação. 

Isso porque escolher o plano de saúde ideal para você e sua família deve ser uma tarefa realizada com planejamento.

Ou seja, não dá pra escolher qualquer plano que te oferecem antes de ter todas as informações essenciais para você se decidir. 

Por isso, fique atento a todas as dicas que vou te passar. Elas vão te dar a segurança que você precisa para contratar o plano de saúde perfeito para o seu perfil.

1) Realize pesquisas

Não recomendo você se decidir por um plano de saúde antes de fazer uma boa pesquisa.

Isso porque você precisa saber de todos os detalhes que vou te apresentar nesse artigo antes de se decidir. 

Já te adianto que essa pesquisa não deve ser apenas em relação ao preço. Afinal de contas, o barato nem sempre é o ideal para as suas necessidades e da sua família.

Sendo assim, faça uma pesquisa pelo Google e aqui no nosso site e anote todas as informações relevantes de cada operadora. 

Além disso, você também pode pedir indicação para amigos e familiares sobre os planos de saúde que eles usam ou já utilizaram. 

Mas nesse momento não se decida com base na experiência individual de uma única pessoa, observe e anote todas as informações com neutralidade.

Isso porque ainda não é hora de escolher o plano de saúde, mas sim colher informações.

Aliás, você também pode olhar o site oficial da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Ao acessar você pode verificar o índice que mede a satisfação dos consumidores e o nível dos serviços prestados (IDSS). 

2) Faça um mapeamento das suas necessidades

Responda as seguintes perguntas:

  • Para que você e sua família precisa de um plano de saúde?
  • Você quer mais segurança quando precisa de consultas médicas?
  • Quer começar as consultas para um planejamento familiar?

Ou seja, liste todas as necessidades que você e sua família precisa, desde as consultas até em caso de cirurgias. Assim você terá mais clareza de qual plano de saúde é a melhor opção. 

3) Faça um planejamento financeiro  

Faça um planejamento financeiro- como fazer um plano de saúde

Apesar de ainda não ter feito nenhuma cotação. Se você seguiu a primeira dica você já sabe mais ou menos quanto custa um plano de saúde.

Por isso, já anota esse custo na sua planilha de gastos financeiros. Além disso, verifique qual o valor máximo você pode contratar um plano de saúde sem comprometer outras contas.

4) Procure uma seguradora

Agora que você já fez uma pesquisa, um mapeamento das suas necessidades e um planejamento financeiro. É hora de procurar uma seguradora especializada em plano de saúde. 

Nela você vai encontrar profissionais capacitados para te orientar a fazer a melhor escolha de operadora para você e sua família. 

5) Solicite uma cotação e compare os preços 

Depois de escolher a seguradora é hora de solicitar uma cotação. Lembre-se de pedir mais de uma operadora, assim você vai conseguir comparar os preços e as vantagens de cada uma.

Além disso, nesse momento você também pode perguntar sobre as possibilidades de deixar aquela opção mais barata.

6) Entenda os termos

Entenda os termos - como fazer plano de saúde

Ao analisar as opções oferecidas você precisa entender  5 termos essenciais que vão te ajudar a se decidir.

Sendo assim, faça a seguinte análise ou pergunte para o seu corretor:

Qual o perfil do contrato? 

O contrato do plano de saúde é coletivo ou individual? É familiar ou empresarial?

Isto é essa informação define o valor que você vai pagar no plano de saúde. Por exemplo, é comum os  preços iniciais dos planos coletivos serem menores.

Como é feito o reajuste do plano? 

Os planos individuais e familiares têm dois tipos de reajuste: anual e por faixa etária.

Já os planos coletivos e empresariais têm três: anual, por faixa etária e por sinistralidade, que considera a frequência de uso dos serviços.

Por isso, informe-se sobre os índices para você ter ideia de quanto o seu plano de saúde vai aumentar ao longo dos anos.

Qual o tipo de cobertura? 

A cobertura é o rol de serviços que você tem no seu plano de saúde. Isto é, ele pode ser: ambulatorial, hospitalar com ou sem obstetrícia, referência ou odontológico. Veja só:

  • Plano de referência: é o plano mais completo. Cobre consultas, exames e tratamentos, além de cirurgias e transplantes;
  • Plano ambulatorial: é o plano mais básico. Pode cobrir consultas, procedimentos ambulatoriais, internação e cirurgias. No entanto, podem existir restrições de acordo com cada operadora.
  • Plano Hospitalar: além da cobertura básica, oferece internação hospitalar em quarto comum ou em UTI, sem limite de prazos. Também cobre médicos e enfermeiras durante a internação.
  • Hospitalar com obstetrícia: além da cobertura hospitalar, inclui pré-natal, parto, assistência ao recém-nascido, eventuais complicações pós-parto e cirurgias no geral.

Posso ser atendido em qualquer lugar? 

Outra informação importante é você saber quais são os hospitais que fazem parte da cobertura dos planos de saúde.

Sendo assim, se você tem um hospital de preferência já verifique se ele faz parte das opções apresentadas pela seguradora.

A partir de quando posso usar o plano? 

Lembre-se que a maioria dos planos de saúde tem períodos de carência. Por isso, verifique quais são elas no plano apresentados. 

Segundo a ANS, os prazos de carência máxima são:

  • 24 horas para urgência e emergência; 
  • 180 dias para internações, cirurgias e procedimentos de alta complexidade; 
  • e 300 dias para parto. 

A operadora pode exigir prazos menores, mas isso deve ser garantido por escrito.

7) Se puder, prefira contratar com um CNPJ

Se puder, prefira contratar com um CNPJ - como fazer plano de saude

O plano de saúde empresarial são até  35% mais barato do que os demais, são mais abrangentes e oferecem grupos de hospitais e laboratórios melhores.

Por isso, se você tiver um CNPJ faça a contação para esse tipo de plano de saúde. 

Além disso, não precisa ter uma empresa de grande porte. Você pode ter uma empresa de pequeno porte e até mesmo ser um microempreendedor individual (MEI).  

8) Faça sua escolha consciente

Agora sim você pode fazer uma escolha consciente do melhor plano de saúde para você e sua família. 

Portanto, converse com o seu corretor, tire todas as dúvidas necessárias e opte pela operadora que mais se encaixa a sua realidade. 

9) Envie a sua documentação

O próximo passo é enviar toda a sua documentação e dos demais beneficiários para o seu corretor.

Ele que vai enviar os seus documentos para a operadora aprovar e emitir o seu contrato. 

Por certo, os documentos solicitados nos planos de saúde individual ou familiar são:

  • Cópia do RG;
  • Cópia do CPF;
  • Comprovante de residência.

Já nos plano de saúde PME ou empresarial são:

  • Cópia do contrato social;
  • Número do CNPJ;
  • Guia de recolhimento do FGTS;
  • RG e CPF de todas as pessoas que vão aderir ao plano.

10) Pague o primeiro boleto

Pague o primeiro boleto - como fazer plano de saude

Contrato assinado, hora de pagar o primeiro boleto.  Por certo, o prazo para vencimento é de 60 dias.

Lembre-se que o seu plano de saúde só será implantado após o pagamento do primeiro boleto emitido pela empresa prestadora.

Por isso, quanto antes este pagamento for feito, mais cedo você terá acesso aos serviços do seu convênio.

11) Aguarde a sua carteirinha

Seja a carteirinha física ou a online, é a partir do recebimento dela que você terá acesso aos serviços.

Além disso, o período após a contratação e a chegada das carteirinhas depende de cada operadora, fique atento a essa informação também.

Conclusão

Em resumo, no artigo de hoje te mostrei como fazer um plano de saúde.

Antes de tudo, te dei 10 dicas essenciais que vão te ajudar a se decidir sobre a melhor opção para você e sua família.

Você viu que é importante fazer uma pesquisa, mapear as suas necessidades e fazer um planejamento financeiro antes de entrar em contato com uma seguradora. 

Depois te mostrei tudo o que você precisa conversar com o seu corretor. Ainda te expliquei quais são os passos que você precisa dar até conseguir utilizar os serviços do seu contrato. 

Tem mais alguma dúvida sobre esse assunto? Deixe um comentário! A nossa equipe fará o possível para te responder!

Tudo o que você precisa saber sobre férias coletivas
Tudo o que você precisa saber sobre férias coletivas

Já ouviu falar sobre férias coletivas na empresa? Isso pode ou não pode? O que a lei diz sobre isso?  Read more

Treinamento de força e resistência: como e por que fazer
Treinamento de força e resistência: como e por que fazer

Provavelmente, você já ouviu que o treinamento de força e resistência é essencial para quem deseja se manter ativo mesmo Read more

Organograma: o que é e como fazer um
Organograma: o que é e como fazer um

Você sabe o que é um organograma e como fazer um para a sua empresa? Provavelmente você já ouviu esse Read more

12 funções essenciais de Recursos Humanos
12 funções essenciais de Recursos Humanos

Você sabe quais são as funções essenciais de Recursos Humanos?  Sei que você pode ter uma noção básica sobre esse Read more

One Response

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *