O que é telemedicina como funciona e quais são as vantagens

O que é telemedicina: como funciona e quais são as vantagens

Saber o que é telemedicina é essencial na época que estamos vivendo. Pois o uso da tecnologia de informação agrega qualidade e velocidade na troca de conhecimento.

Além disso, também auxilia os médicos a tomar decisões com maior agilidade e precisão. 

Por isso, no artigo de hoje vou te mostrar também:

  • Como a telemedicina funciona;
  • A telemedicina no Brasil;
  • Quais são as frentes da telemedicina;
  • As vantagens da telemedicina.

Mas antes disso, preciso te explicar:

O que é telemedicina?

O que é telemedicina

“Tele”, vem do grego, significa distância. É o mesmo sentido em telefone e  televisão.

Dessa forma, telemedicina é a prática médica realizada à distância. Ela existe desde a década de 1950 e foi evoluindo com o tempo.

A troca de informações foi ampliada com o telefone fixo, depois com os celulares, e se tornou ainda mais rápida com a internet. 

Como a telemedicina funciona?

A telemedicina é presente na educação, consulta e assistência. O objetivo é capacitar e atualizar profissionais da área de saúde que se encontram afastados através de:

  • Aulas online;
  • Palestras;
  • Videoconferências;
  • Entre outros.

As consultas são realizadas por médicos para buscar assistência de um especialista.

Como, por exemplo, uma segunda opinião em um diagnóstico ou orientações sobre a realização de um procedimento.

Já a assistência é quando a médico se comunica com outros técnicos para obter mais de um parecer sobre uma cirurgia, um medicamento, exames, etc.

A telemedicina no Brasil

A telemedicina no Brasil teve início na década de 90. Mas nos últimos anos as instituições de saúde vem desenvolvendo mais programas de assistência e cooperação remota.

A aplicação da telemedicina é regulamentada pelas regras da Associação Americana de Telemedicina, sendo reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pelas leis brasileiras.

No Brasil, as leis exigem que a empresa prestadora do serviço tenha um médico responsável técnico e também possua registro no Conselho Regional de Medicina.

A legislação diz também que os serviços prestados via telemedicina deverão ter a infraestrutura tecnológica apropriada e obedecer às normas técnicas do CFM pertinentes à:

  • Guarda;
  • Manuseio;
  • Transmissão de dados;
  • Confidencialidade;
  • Privacidade;
  • Garantia do sigilo profissional. 

Além disso, a Lei nº12.842/2013 inclui a emissão dos laudos de exames reforça que apenas médicos podem emitir o laudo à distância.

As frentes da telemedicina

As frentes da telemedicina

A telemedicina pode ser subdividida em 4 frentes: 

  1. Teleassistência;
  2. Teleconsulta;
  3. Teleducação; 
  4. Emissão de laudos à distância. 

Vou te mostrar cada um delas!

1) Teleassistência

A teleassistência tem o foco na comunicação com o paciente.

Ele é monitorado em seu próprio domicílio, em um centro de saúde local ou qualquer outro local.

Desde que o profissional de saúde se comunica com outros profissionais à distância. 

2) Teleconsulta

A teleconsulta pode ser feita entre médicos ou entre médicos e pacientes.

No primeiro caso, um clínico geral, por exemplo, pode buscar assistência de um especialista para uma segunda opinião sobre um diagnóstico.

Já no segundo cado, a teleconsulta acontece quando há a consulta online, feita entre médicos e pacientes.

No entanto, é importante lembrar que, no Brasil, a prática da teleconsulta entre médico e paciente ainda está sendo viabilizada.

E, por outro lado, por causa da pandemia alguns profissionais específicos foram autorizadas a realizar a consulta online.

3) Teleducação

A teleducação já é uma realidade em diversas áreas e com a pandemia isso foi ampliado para vários outros setores.

Ou seja, é possível realizar videoconferências, aulas, palestras e programas de reciclagem. 

Além disso, o principal objetivo na medicina é capacitar o profissional de saúde que está longe dos grandes centros.

Buscando assim atualizá-lo e prepará-lo para diversas situações da prática médica. 

4) Emissão de laudos à distância

Com o crescimento da tecnologia a emissão de laudos à distância é uma realidade em constante crescente.

Nesses casos, a telemedicina tem sido utilizada para:

  • Consulta e troca de informações entre instituições de saúde;
  • Informação de resultados de exames laboratoriais e de imagens;
  • Coleta de exames domiciliar;
  • Discussão de casos clínicos;
  • Cirurgia robótica;
  • Assistência a pacientes crônicos, gestantes de alto risco e idosos.

Vantagens da telemedicina

Vantagens da telemedicina

A telemedicina tem várias vantagens tanto para o profissional de saúde quanto para o paciente.

Por exemplo, com ela há uma redução na distância. Ou seja, mesmo os pacientes longes do centro urbano, possuem acesso à medicina de qualidade.

Além disso, as vantagens da tele medicina são:

  • Redução da procura por especialistas e hospitais logo no início do atendimento;
  • Maior troca de informações entre os serviços de saúde;
  • Chance de participar de programas educacionais de qualquer lugar do país;
  • Amplia o contato entre médicos e pacientes;
  • Acesso a especialistas e profissionais de referência;
  • Facilita a realização de exames, que podem ser feitos em clínicas e postos de saúde;
  • Melhora a qualidade dos laudos emitidos e agiliza a entrega;
  • Realização e interpretação de exames e entregas de laudos em:
    • Cardiologia;
    • Neurologia;
    • Pneumologia;
    • Radiologia Geral;
    • Oftalmologia.
  • Maior agilidade nos atendimentos, devido à sistematização do processo por meio de softwares de saúde online;
  • Segurança estrutural e sigilo de dados;
  • Ampliação da agenda clínica dos especialistas;
  • Envio de exames para laudo 24 horas.

Conclusão

Em resumo, no artigo de hoje te expliquei o que é telemedicina. Antes de tudo, você viu como ela funciona e quais são as suas vantagens. 

Além disso, também te mostrei como é  a telemedicina no Brasil e quais são as frentes da telemedicina.

Agora é a sua vez! Se tiver alguma dúvida sobre esse assunto, deixa um comentário! A nossa equipe fará possível para te ajudar.

Qual a importância da ginástica laboral? 7 benefícios e um exemplo eficaz
Qual a importância da ginástica laboral 7 benefícios e um exemplo eficaz

Você sabe qual é a importância da ginástica laboral? Algumas pessoas acreditam que é um exercício desnecessário e outras não Read more

6 dicas de autoajuda para TOC
6 dicas de autoajuda para TOC

Você sabia que existem técnicas de autoajuda para TOC? No artigo de hoje vou te mostrar 6 dicas que vão Read more

8 maneiras de construir uma autoestima duradoura
8 maneiras de construir uma autoestima duradoura

Já parou para pensar como você pode construir uma autoestima duradoura? Pode parecer algo inalcançável, mas a verdade é que Read more

Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC): o que é e quais são os sintomas
Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) o que é e quais são os sintomas

Você sabe o que é transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)? Muitas vezes usamos  a expressão “TOC” para rotular uma pessoa ou justificar Read more

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *