Qual médico procurar para redução de mama

Qual médico procurar para redução de mama?

Se você quer saber qual médico procurar para redução de mama precisa saber:

  • O que é a mamoplastia redutora;
  • Quem pode fazer esse procedimento; e
  • Todos os cuidados necessários. 

Por isso, antes de te falar qual médico procurar para redução de mama vou te mostrar…

O que é a mamoplastia redutora?

Mamoplastia redutora conhecida também como cirurgia para redução dos seios ou redução da mama. 

Procura-se o procedimento quando o tamanho e o peso da mama está acima das características anatômicas do tórax. Ou quando gera incômodo estético para o paciente.

Além disso, indica-se para os casos de gigantomastia. Nesse procedimento retira-se mais de um quilo de tecido mamário de cada mama.

Também indica-se para pacientes com mamas avantajadas que passam a envergar a coluna para disfarçá-las.

A propósito, a idade ideal para quem pode fazer a redução da mama é por volta dos 17 anos. Ou seja, quando o desenvolvimento da mama está completo.

Isso porque se realizarem o procedimento antes disso. Provavelmente, o paciente vai precisar realizar uma segunda mamoplastia de redução. Isso é após os seios estiverem maduros.

Como é feita a redução das mamas?

Na redução da mama retira-se o tecido mamário, gorduroso e pele de uma determinada região da mama.

Em seguida, ocorre a remodelação no formato de cone (forma natural da mama).

Antes da cirurgia

Antes da cirurgia, exige-se um jejum de 8 horas. Além disso, parar de fumar por um tempo médio de 30 dias, realizar exame cardiológico e laboratoriais completos.

Sendo assim, esse procedimento tem uma duração média de 2 a 3 horas. Mas pode passar um pouco desse tempo dependendo da complexidade do caso. 

Depois da cirurgia

Após a cirurgia, a paciente pode permanecer hospitalizado por 24 horas para a recuperação pós-anestésica. 

Depois o médico cirurgião, vai orientar para o paciente ter uma dieta leve e moderada nos primeiros 7 dias.

Esse período vai determinar por quanto tempo a paciente deve usar o sutiã cirúrgico.

Além disso, vai recomendar uma drenagem linfática para diminuir o edema pós-operatório.

Depois de uma semana de cirurgia, a paciente pode retornar as atividades cotidianas. Como, por exemplo, trabalho e estudo.

No entanto, atividades mais extremas como, por exemplo, exercícios físicos extremos devem evitadas até o período determinado pelo médico. 

A cirurgia de redução da mama deixa cicatrizes?

A cirurgia de redução da mama deixa cicatrizes sim, mas não precisa se assustar.

Na sua maioria, a cicatriz é técnica. Ou seja, em formato de âncora ou T invertido.

Aliás, ela fica mais evidente e avermelhada nos primeiros 2 meses, mas logo depois começa a clarear. Em cerca de um ano a cicatriz, provavelmente, já está mais discreta.

Como escolher um médico para realizar a mamoplastia redutora?

Agora que você já sabe o que é a mamoplastia redutora, como ela é realizada e se deixa cicatriz ou não.

Separei 5 informações para te ajudar a escolher um médico para realizar o procedimento. Veja:

  1. Antes de se decidir qual médico irá realizar a sua redução da mama você precisa confirmar se ele está registrado no Conselho Federal de Medicina (CFM);
  2. OBRIGATORIAMENTE, o médico cirurgião deve ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;
  3. E o hospital que pretende realizar o procedimento deve ter uma creditação para realizar cirurgias de médio porte;
  4. Busque também saber a reputação do médico. Pergunte a outras pessoas que realizaram a mesma cirurgia com ele. E, se possível, veja fotos do resultado;
  5. Além disso, faça uma consulta com o profissional antes de se decidir. Assim você pode verificar se ele te passa segurança e liberdade para fazer perguntas.

Dessa forma, é importante verificar tudo isso. Afinal, você não pode correr o risco de passar na mão de pessoas com má índole.

Sem contar que há o risco de ser um procedimento ilegal. Podendo até mesmo, correr risco de vida.

Quando o plano de saúde cobre a cirurgia de redução da mama?

No Brasil, geralmente, os planos de saúde não cobrem cirurgias plásticas estéticas.

No entanto, quando o procedimento indicado por um médico como sendo necessário para a saúde do paciente pode ser realizado. Ou seja, não pode ser um pedido apenas por causas estéticas.

Esses danos ocasionados à saúde podem ser:

  • Desnível nos ombros por causa do peso das alças do sutiã;
  • Danos à coluna, pescoço ou ombros;
  • Irritação na pele. Mais especificamente, no sulco abaixo da mama;
  • Ou qualquer outra patologia associada ao volume mamário que agrave ou coloque a saúde do paciente em risco.

Dessa forma, para conseguir que o procedimento entre na cobertura oferecida pelo plano. O médico responsável pelo pedido deve elaborar um laudo indicando que a redução de mama traz danos à saúde da paciente.

Nesse caso, o plano de saúde é OBRIGADO a custear a cirurgia de redução da mama. 

Por outro lado, segundo a Lei 9656/1998, é facultado ao plano de saúde cobrir os gastos de mamoplastia redutora nos seguintes casos:

  • Lesões traumáticas; e
  • Tumores, como o câncer de mama.

Por isso, é importante consultar um médico falando das dores que está sentindo para conseguir um encaminhamento. Assim você não corre o risco do seu pedido ser barrado. 

Dessa forma, após a confirmação do plano de saúde, a operadora deve custear:

  • A internação;
  • A cirurgia; e
  • Os honorários do profissional escolhido. 

Posso pedir reembolso para o plano de saúde?

Você pode pedir reembolso para o plano se saúde em duas situações:

  • Se estiver previsto em contrato; ou
  • Se a rede credenciada não oferecer profissional que preste o atendimento.

Além disso, se não houver o reembolso previsto no contrato do plano de saúde o beneficiário pode entrar em contato com a operadora.

Aliás, há também a possibilidade de optar por um profissional particular que o plano de saúde cobre a internação e a anestesia. Nesse caso, o próprio paciente deve custear as despesas.

Tem carência para realizar a redução da mama?

Quando não há doença preexistente, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar, o prazo de carência para cirurgias é de 180 dias. 

Caso a mamoplastia redutora precise ser realizada em caráter de urgência ou emergência, a carência é de 24 horas (contado a partir da data de assinatura do contrato). 

Conclusão

No artigo de hoje, você viu que o médico que pode realizar o procedimento de redução da mama é o cirurgião plástico.

Te mostrei também:

  • O que a mamoplastia redutora;
  • Como ela é realizada; e
  • Tudo o que precisa saber para que o procedimento seja custeado pelo seu plano de saúde. 

Além disso, é importante lembrar que esse pedido não precisa ser desgastante.

O ideal é entrar em contato com a sua operadora e verificar tudo o que você precisa apresentar antes de entrar com a solicitação.

Assim, você consegue organizar toda a documentação e alinhar os pedidos médicos.  

Agora se tiver alguma dúvida sobre esse assunto, deixe um comentário. A nossa equipe fará o possível para te responder. 

Tudo o que você precisa saber sobre férias coletivas
Tudo o que você precisa saber sobre férias coletivas

Já ouviu falar sobre férias coletivas na empresa? Isso pode ou não pode? O que a lei diz sobre isso?  Read more

Treinamento de força e resistência: como e por que fazer
Treinamento de força e resistência: como e por que fazer

Provavelmente, você já ouviu que o treinamento de força e resistência é essencial para quem deseja se manter ativo mesmo Read more

Organograma: o que é e como fazer um
Organograma: o que é e como fazer um

Você sabe o que é um organograma e como fazer um para a sua empresa? Provavelmente você já ouviu esse Read more

12 funções essenciais de Recursos Humanos
12 funções essenciais de Recursos Humanos

Você sabe quais são as funções essenciais de Recursos Humanos?  Sei que você pode ter uma noção básica sobre esse Read more

3 Responses

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *